Estadão

De Real para Realidade

i x Efeitos sonoros
Últimas Notícias

‘Dando dinheiro, o Moreira faz qualquer coisa’

Leia maisFechar
Fabio Serapião e Fábio Fabrini 13/09/2017, 14h48 Em delação, o corretor Lúcio Bolonha Funaro diz ter ouvido de Eduardo Cunha que o ministro do governo Temer recebeu propina para liberar valores da vice-presidência de Fundos e Loterias da Caixa

Moreira Franco. Foto: Fabio Motta/Estadão

O corretor Lúcio Funaro contou em sua delação premiada ter apelado ao ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) para que Moreira Franco, então vice-presidente de Fundos e Loterias da Caixa e agora ministro da Secretaria-Geral da Presidência, liberasse recursos de interesse do Grupo Bertin no banco público. Segundo a versão de Funaro, ao ouvir o pleito, Cunha deu a senha para o pagamento de propina: “Ó, dando dinheiro, o Moreira faz qualquer coisa”.

O relato sobre a conversa consta de um dos anexos da colaboração de Funaro, já homologada pelo Supremo Tribunal Federal (STF). O corretor afirmou que o Grupo Bertin buscava financiamento do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS), gerido pela Caixa, para usinas térmicas de uma de suas empresas, a Cibe.

Funaro disse que o empréstimo estava travado. Uma das dificuldades seriam multas aplicadas pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) à Cibe por descumprir prazos nos contratos das usinas.  Porém, com o acerto de propina, finalmente teria saído.

Receba no seu e-mail conteúdo de qualidade

Logo você receberá os melhores conteúdos em seu e-mail.

Dos R$ 300 milhões liberados, uma comissão de 4% (R$ 12 milhões) teria sido repassada à cúpula do PMDB. Moreira teria ficado com a maior parte do suborno, correspondente a 60% (R$ 7,2 milhões). Outros 25% (R$ 3 milhões) teriam ficado com Cunha e mais 15% (R$ 1,8 milhão) com o próprio Funaro

“A Bertin enviou os valores para o colaborador (Funaro), que repassou para Eduardo Cunha, sendo que este repassou a parte devida a Moreira Franco. Cunha cobrou o colaborador acerca dos pagamentos, pois Moreira Franco estava o pressionando, pedindo dinheiro”, diz um dos trechos do anexo, obtido pelo Estado.

Moreira Franco foi vice-presidente de Fundos e Loterias da Caixa, por indicação do PMDB até julho de 2010. A área é a responsável pela gestão dos recursos do Fundo de Investimentos do FGTS. Em 2011, ele foi sucedido por Fábio Cleto, apadrinhado de Cunha.

Cleto já firmou acordo de delação com a Lava Jato e confessou no ano passado esquema de cobrança de propina de grandes empresas para o ex-deputado e seu grupo, em troca da liberação de recursos bilionários do fundo.

A defesa de Cunha informa que não comentará a delação enquanto estiver sob sigilo. O Estado não localizou representantes do Grupo Bertin.

COM A PALAVRA, MOREIRA FRANCO

Em relação às afirmações de Lúcio Funaro, informo que o papel aceita tudo. Trata-se de um delator profissional que terá que provar nos autos as suas infâmias. No final, como sempre, a verdade prevalecerá.

Brasília, 13 de setembro de 2017.
Moreira Franco

R$ 7.200.000,00 = 60.000 Vacinas H1N1
Linhas existentes - 335 km
Linhas que poderiam existir - 934 km
N

São Paulo

10 km
Vacinas dos últimos anos
Vacinas que poderiam ser compradas
Aedes aegypti - transmissor da Dengue / Chicungunya / Zica
Nº de repelente
14.964 casos de 2013 a 2016
1.125 cartelas de Tamiflu
225 casos por H1N1
Foto: Fábio Motta | Fonte base conversão: Estadão
Notícias Relacionadas

Neste momento em que o País passa por uma situação crítica, com deficiência de serviços públicos básicos, diariamente há um volume de denúncias e suspeitas de desvio de dinheiro de proporções sempre surpreendentes. Milhares, milhões, bilhões. São cifras tão grandes que fica difícil para os leitores entender a real dimensão do problema. Com a ferramenta “De Real para Realidade”, o leitor vai poder interagir com as matérias do jornal, convertendo as quantias em benefícios como vacinas H1N1, ambulâncias, repelentes, casas populares, quilômetros de metrô, entre outros, conectando as notícias de onde o dinheiro desaparece com as notícias de onde ele está faltando.

Fonte base conversão: Estadão
O valor base de conversão de Ambulâncias é de R$ 82.406, baseado nas fontes fornecidas pelo Estadão Ambulância: R$ 82.406
O valor base de conversão de Caminhões-pipa é de R$ 516 (15 mil litros), baseado nas fontes fornecidas pelo Estadão Caminhão-pipa: R$ 516 (15 mil litros)
O valor base de conversão de Casas Populares é de R$ 200.000, baseado nas fontes fornecidas pelo Estadão Casa Popular: R$ 200.000
O valor base de conversão de Quilômetros de Metrô é de R$ 296.000.000, baseado nas fontes fornecidas pelo Estadão Km de Metrô: R$ 296.000.000
O valor base de conversão de Merendas Escolares é de R$ 2,22, baseado nas fontes fornecidas pelo Estadão Merenda Escolar: R$ 2,22
O valor base de conversão de Quadras Poliesportivas é de R$ 44.450, baseado nas fontes fornecidas pelo Estadão Quadra Poliesportiva: R$ 44.450
O valor base de conversão de Repelentes é de R$ 12, baseado nas fontes fornecidas pelo Estadão Repelente: R$ 12
O valor base de conversão de Tamiflus é de R$ 199 (75mg), baseado nas fontes fornecidas pelo Estadão Tamiflu: R$ 199 (75mg)
O valor base de conversão de Vacinas H1N1 é de R$ 120, baseado nas fontes fornecidas pelo Estadão Vacina H1N1: R$ 120
O valor base de conversão de Viaturas Policiais é de R$ 51.266 (Palio Weekend), baseado nas fontes fornecidas pelo Estadão Viatura Policial: R$ 51.266 (Palio Weekend)